Advogado de presos cobra Fachin por “tratamento diferenciado” a Lula

0
70

 

Advogado pede a ministro “quais foram os critérios” para colocar o pedido de Lula em pauta “em detrimento de milhares”

Lula: PT pensa o que fazer caso prisão ocorra

São Paulo – O advogado Carlos Alexandre Klomfahs enviou uma manifestação neste sábado, 24, ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), em que aponta “desaprovação” pelo “tratamento diferenciado” ao ex-presidente Lula. No documento, o advogado pede que em 4 de abril, durante a sessão que vai analisar o habeas corpus preventivo requerido pelo petista, o ministro Fachin diga “quais foram os critérios” usados para colocar o pedido do ex-presidente em pauta “em detrimento de milhares que jazem à porta da Corte”. O defensor tem um habeas no gabinete do ministro Marco Aurélio.

“Manifestação de desaprovação e requerimento de prestação de informações aos jurisdicionados e à comunidade jurídica em nome de milhares de advogados brasileiros sobre o tratamento diferenciado aplicado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da sociedade brasileira que financia o orçamento do Supremo Tribunal Federal de R$ 708 milhões”, informa Carlos Klomfahs.

Apoiadores:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui