Inter empata com o Paraná na última rodada do Brasileirão

0
42

Equipe do técnico Odair Hellmann fecha participação no campeonato em terceiro lugar, com 69 pontos. Colocação final garante ao Colorado vaga direta na fase de grupos da Libertadores.

A missão não era cumprir tabela no Brasileirão na última rodada do Brasileirão, apesar de ter um Inter misto em campo diante do já rebaixado Paraná. Odair desembarcou em Curitiba para quebrar um recorde no clube: chegar aos 71 pontos e conseguir a marca histórica na pontuação desde 2006, quando a competição passou a ter 20 times. Mas o Inter falhou. Chegou a abrir o placar aos 20 minutos do segundo tempo com Jonatan Alvez, mas permitiu o empate da equipe paranaense nos descontos, com Jhonny Lucas.

No Inter que iniciou o jogo, apenas Marcelo Lomba, Rodrigo Moledo, Cuesta e Edenilson representavam os titulares. O time acabou sentindo a falta de entrosamento e precisou de 65 minutos e mais um titular em campo (Nico López) para chegar ao gol no segundo tempo.

Sem qualidade nas finalizações, o ponto alto do primeiro tempo do Paraná aconteceu aos 26 minutos, quando o Inter passava a pressionar com mais qualidade. O goleiro Richard virou-se aos repórteres para perguntar quanto tempo faltava para o fim do jogo.

A chance mais clara para o time de Odair Hellmann foi somente aos 41 minutos. Jonatan Alvez, que era visto constantemente fora da área, armou contra-ataque e acionou Rossi pela ponta direita. O atacante cruzou rasteiro, Camilo acabou derrubado dentro da área, e sobrou para Alvez chutar a gol, mas a bola passou raspando as traves de Richard.

O segundo tempo começou com perigo para o Inter. Alesson recebeu dentro da área e, sem a pressão da tabela, já que o time está rebaixado, o atacante jogava leve. Foi assim que envolveu a zaga colorada e deixou Uendel, que fazia a cobertura, para trás. Cabeceou e parou nas mãos do goleiro Lomba.

Com 17 minutos, Odair Hellmann apostou no seu goleador da temporada. Mandou Nico López a campo e viu Edenilson, que patinava na falta de entrosamento com os reservas, crescer no jogo. Foi a partir dos dois titulares que Jonatan Alvez colocou o Inter na frente. O volante acionou o uruguaio pela esquerda, que cruzou rasteiro, nos pés do centroavante: 1 a 0, aos 20 minutos da etapa complementar.

A partir daí, Odair relaxou. Apostou nas entradas de Patrick e promoveu a estreia de Sarrafiore com a camisa colorada no time principal. A promessa argentina entrou aos 38 minutos e pouco pôde mostrar aos torcedores colorados.

O que era para terminar em alto estilo, já que no sábado o treinador havia firmado compromisso de sua renovação com o presidente Marcelo Medeiros, acabou com frustração. Jhonny Lucas aproveitou falha da zaga colorada e apenas escorou para o gol: 1 a 1 nos acréscimos e a chance de quebrar um recorde no clube ficou para 2019.

Fonte: Gaúcha ZH

Apoiadores:
COMPARTILHAR
Artigo anteriorHavia médicos, afinal
Próximo artigoGrêmio vence o Corinthians e se garante na fase de grupos da Libertadores
Repórter do Portal
O Repórter do Portal, é responsável pela atualização e gerenciamento do site (www.portalplural.com.br), também é quem mantem contato com os denunciantes e internautas, busca informações de relevância para serem postadas. O Repórter do Portal não tem partido assim postando acontecimentos bons e ruins e conteúdo que agregue valor para todos. O repórter sempre busca solucionar problemas que acontecem, e mostrar nossas belezas, nosso povo, e quanto é bom morar em Santa Rosa e região!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui