Somos responsáveis por quem (pelo que) amamos

0
43

Primeiro, uma boa semana à todos! Você já se perguntou quem é você? O que você transmite para os outros? Porque sim, somos responsáveis por quem amamos e pelo que conquistamos. Por esta responsabilidade precisamos delimitar nossas atitudes, nossa conduta, nosso caráter. Podemos, com certeza, cometer e termos cometido erros. Mas isso não justifica quem eu sou perante as pessoas, até porque meus erros sou eu quem vou acertá-los, em algum momento, não quem convive comigo. Está aí a frase certa: Não tumultue o que não é teu!!! Viva a tua vida e preserve teu telhado. O que perguntei no início é quem é você perante as pessoas com quem convive, simples assim. Não podemos ser uma espécie de pessoa para cada ser humano com o qual convivemos. Sempre procuro ser o que meu coração manda, busco ser como acho que as pessoas devem ser comigo, adoro viver e conviver com alegria e distribuir o meu melhor. Se falho? Sim, e muito. Até já distribuí muito amor para quem não foi recíproco. Mas aprendi, ou pelo menos estou tentando, superar os males. Gosto de olhar nos olhos… O olhar não mente. Gosto de ajudar… Mas hoje procuro não me meter na vida de ninguém, afinal, já tomei muitos tapas na cara e ganhei o abandono. Assumo minha brabeza (kkk). Enfim, quem me conhece sabe quem sou e como sou. E você? A gente geralmente avalia os outros, mas é ótimo nos avaliarmos, visualizar os erros e mudar, evoluir… Sempre dá tempo.

Apoiadores:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui