Bolsonaro sanciona lei que pune motoristas por roubo de cargas

0
94
Foto: Blog.consorciocanopus.com.br.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, lei que modifica o Código de Trânsito Brasileiro para punir o motorista que usar o veículo para os crimes de contrabando, descaminho, furto, roubo e receptação de mercadorias. Pela lei, se o condutor for condenado por alguma dessas práticas em decisão judicial transitada em julgado, terá cassado seu documento de habilitação ou será proibido de obter a habilitação para dirigir veículo automotor pelo prazo de cinco anos.

A lei permite ao condutor pedir novamente sua habilitação, mas ele precisará fazer todos os exames necessários para isso previstos no Código de Trânsito. No entanto, se o motorista for preso em flagrante na prática dos crimes, o juiz poderá “decretar, em decisão motivada, a suspensão da permissão ou da habilitação para dirigir veículo automotor, ou a proibição de sua obtenção.”

Vetos

O governo deixou de fora da lei sancionada os trechos que puniam as empresas nos crimes envolvendo cargas. Foi vetada a possibilidade de cassação do CNPJ de empresa que transportar, distribuir, armazenar ou comercializar produtos oriundos de furto, contrabando ou descaminho ou produtos falsificados.

Também não entrou na lei a pena – que ia de advertência a fechamento – aplicada a empresas que não afixassem no estabelecimento comercial advertência escrita, de forma legível e ostensiva, de que é crime vender cigarros e bebidas de origem ilícita.

A nova lei e os vetos estão publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira.

Fonte: Correio do Povo.

Apoiadores:
COMPARTILHAR
Artigo anteriorGoverno estuda desobrigação “universal” da folha de pagamento
Próximo artigoCarro com placas clonadas é encontrado submerso no Rio Uruguai
Belisa Giacomini Fuchs
Nascida em Giruá – RS, formada pela Universidade de Cruz Alta- RS UNICRUZ. Escolheu Jornalismo como profissão porque sempre gostou de ler e escrever histórias, tendo uma curiosidade ímpar em temas do comportamento social e cultural na contemporaneidade. Das diversas áreas do Jornalismo, identifica-se com a redação e reportagens. Considera relevante combater as Fake News. Está entusiasmada em fazer parte do PORTAL PLURAL NEWS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui